Tokyo Five Days: 2º dia

(Primeira Parte Aqui)

Acordamos cedo e, depois de algumas baldeações de metrô, pegamos o trem em direção a Nikko.

A cidade é uma gracinha e muito aconchegante. Já era quase hora do almoço (levou umas boas 3 horas até chegar), então antes de ir visitar os templos paramos para comer a especialidade da região: o Yuba Gozen, uma espécie de “PF” (palavras do Banshee) composto por um lámen (mais conhecido com “miojo”), uma tigela de arroz com camarões e um molho agridoce, misoshiru (a sopinha unipresente) e uns aperitivos, mas o principal era que tudo tinha a Yuba, a “pelinha” do tofu (algo parecido como uma nata de leite, só que mais consistente).

O almoço estava incrivelmente gostoso, e de barriga cheia pegamos um ônibus que nos levaria ao Toshogu, um santuário composto por vários templos lindíssimos e que é o principal ponto turístico de Nikko.

Antes de visitar o templo propriamente dito entramos num tradicional jardim japonês, que estava lindo devido ao começo de outono, com as folhas começando a ficarem avermelhadas. Vimos um monge tr00 e alimentamos as carpas fofas.

Lá dentro também tinha um mini museu da dinastia Tokugawa, já que o Toshogu foi construído em homenagem a Tokugawa Iyeasu, o primeiro Shogun. O santuário foi construído pelo seu filho e era composto por várias construções montanha acima. No topo ficava o seu túmulo, com a curiosa estátua de uma garça pousada em uma tartaruga, simbolizando a união entre a força e a leveza.

Gastamos boa parte da tarde visitando tudo em meio a muitas criancinhas fofas em excursão.
Colocamos água sagrada em uma garrafinha, imitamos os requebrados das estátuas guardiãs dos portais (sempre gêmeos, porém um deles com a boca aberta e outro com a boca fechada, ying e yang), fizemos orações tradicionais (batendo palma e jogando moedinha), tiramos mil fotos (lógico!) e o Banshee ainda comprou uma garrafa de sakê.
Já estava quase anoitecendo, mas antes de voltar pra Tokyo fomos a uma onsen (fonte termal) que ficava em um hotel, próximo à estação de trem. Apesar de ter quase morrido ao entrar no lado mais “hardcore”da onsen, consegui me acostumar e relaxar ao som do cantarolar de uma velhinha que dividia o espaço comigo. Mais relaxante impossível! E ainda tinha creminhos da Shiseido pra usar na saída.
De volta a Tokyo, demos sorte ao encontrar um festival de rua com barraquinhas de guloseimas. Esbanjei todo o meu japonês pedindo “Ikko, kudasai” na barraca de Takoyaki (croquetes de polvo), porém me perdi quando a atendente perguntou não-sei-o-quê. Mas aí ela sacudiu um saquinho plástico significantemente e eu afirmei que sim, que queria embalado pra viagem (do meu jeito, né).
De lá fomos à praça Ebisu Garden Place. Eu queria ir lá devido ao meu amor pela novela japonesa Hana Yori Dango, cujas cenas importantes se passam nessa praça. Mas foi só uma parada rápida pra tirar algumas fotos, pois logo viria o MUST da noite: A Torre de Tokyo!
[youtube http://youtu.be/9-77fwJlWFU]
Eu fazia questão de ver a Torre à noite, e não me arrependi. Parecia mentira que eu estava ali, no Japão, em Tokyo, e eu sentia meu fôlego ir embora enquanto me aproximava da Torre assobiando a música tema de Sakura Card Captor.
Milhares de fotos e algumas filmagens depois, sentamos aos pés da torre para abrir a garrafa de sakê que o Banshee tinha comprado em Nikko. Tomei pela primeira vez a bebida (muito forte!) feita de arroz fermentado, enquanto éramos vigiadas pelo desconfiado guardinha ali perto. De lá ainda sentamos pra conversar em um barzinho em Shibuya (perto de um bar brasileiro chamado “Bar do Ricardo”).
Pra fechar a noite cantamos algumas músicas num karaokê ali perto, mas o chato era que eu só podia cantar músicas que sabia a letra, pois não leio japonês. Já era de madrugada e perdemos o último trem, por isso voltamos pra casa a pé gastando nossas últimas energias.
Dia cheio! Mas ainda faltavam três, e no dia seguinte seria o tão esperado show do Siam Shade.
 
 
(Mais fotos na Página do Facebook e mais vídeos no meu Canal do Youtube)
Anúncios

2 comentários em “Tokyo Five Days: 2º dia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s