Mochilão USA: Nova Iorque Dia 4

(Dia 1Dia 2Dia 3)

Último dia na Big Apple!

Eu e a minha fiel companheira Gabriela começamos pelo Harlem, num cenário legítimo de “Todo mundo odeia o Chris”. Achei o bairro super fofo, as ruas, as casinhas, tudo muito tr00.

harlem streets 2

Continuar lendo

Câmbio: dólar, euro, iene… troque essas e mais na Global Exchange

Fazer câmbio é sempre uma dor de cabeça, principalmente quando é a sua primeira viagem internacional. Eu lembro que, quando fui ao Japão, passei por 3 casas de câmbio diferentes e nenhuma delas tinha a quantidade de ienes que eu queria.

Mas Lizie Maria, você não poderia simplesmente pegar tudo em dólar logo e trocar quando chegar no Japão? Até poderia, mas o problema é que quando você faz o câmbio, sempre existe uma taxa de conversão. Ou seja: trocando duas vezes, você será taxado duas vezes, e por isso é bem melhor trocar direto para a moeda que você vai usar.

Minha dica de hoje é a agência Global Exchange, uma das líderes mundiais em câmbio e que está chegando no Brasil há pouco tempo. Além do iene, ela trabalha com mais 22 moedas no Brasil (mais de 70 em outras agências pelo mundo) e você ainda pode pagar com cartão de débito ou crédito (ah, se eu soubesse disso em fevereiro!). Continuar lendo

Mochilão USA: Nova Iorque – Dia 3

(Dia 1Dia 2)

Mais um dia super cheio! Sério, talvez eu devesse pegar mais leve nos meus itinerários, me pergunto se alguém tem pique pra seguir algum deles…

estatua da liberdade

Mas enfim. O dia começou bem ao sul de Manhattan, em um dos maiores MUSTS de NY: A Estátua da Liberdade! Na verdade eu não fazia muita questão de ir na ilha onde ela está. Eu tive que cortar vários gastos da viagem, então pulei certas coisas que não achava muito relevante. Afinal, eu só queria ver a dita cuja, não estava muito a fim de pagar $18 no ferry e nem me fez falta subir até a coroa (o que, aliás, se você quiser fazer, vai ter que pagar $3 a mais no ferry, reservar com antecedência e encarar singelos 377 degraus). Mais informação sobre tickets aqui (em inglês). Continuar lendo

Mochilão USA: Nova Iorque – Dia 2

(Veja aqui o Dia 1)

Primeiro de tudo, desculpem a demora nas postagens. Minha vida tem estado meio maluca e corrida, mas tem muita história pra contar ainda. Além dos posts sobre os EUA e a Espanha eu também quero fazer um FAQ detalhado para cada um, já que o do Japão tem feito tanto sucesso. Então, indo por partes, aí vai o Dia 2 do mochilão USA. Enjoy!

usa flag Continuar lendo

Mochilão USA: Nova Iorque – Dia 1

E no fim, deu tudo certo! Acabo de voltar dos States, cheia de histórias para contar. Foram 7 meses de planejamento e 21 dias de viagem. Passei por 4 estados americanos, pelas cidades de Nova Iorque, San Francisco, Los Angeles, Las Vegas, Phoenix, Sedona e Flagstaff, com uma curta passadinha em Miami no final. Ufa! Mas vamos pela ordem. A primeira parada foi Nova Iorque, a Big Apple! Continuar lendo

Minha cara Nova Iorque: Como se hospedar na Big Apple sem falir

A primeira coisa que eu percebi ao começar o planejamento para a viagem aos Estados Unidos foi como Nova Iorque é cara. Caríssima, pra falar a verdade. Inicialmente eu não ia passar por lá, mas como teria que fazer conexão em algum lugar de qualquer forma, resolvi aproveitar a oportunidade.

O que pesa mais, na verdade são os hotéis. Se voce quer ficar em Manhattan, onde todas as principais coisas interessantes da cidade estão, pode se preparar pra desembolsar uma boa grana. Eu tentei achar hosts pelo Couchsurfing (e na verdade ainda estou tentando), mas como não sei se vou conseguir até a viagem, precisei procurar um plano B para emergências.

Segue abaixo uma lista de opções que eu encontrei para se hospedar razoavelmente barato em NY: Continuar lendo

Planejando sua viagem com planilhas

Ok, eu sei que muita gente tem PAVOR de planilhas do Excel! Eu entendo que pode ser meio complicado de cara, mas elas são super úteis para se organizar, principalmente quando se vai viajar sozinho, pela primeira vez ou com pouca grana.

Como eu já gosto de fazer planilhas pra tudo, não poderia ser diferente com as minhas viagens. Gostaria de mostrar aqui algumas planilhas que eu usei nas minhas viagens à Londres, ao Japão e na viagem que estou planejando agora para os EUA.

Primeiro de tudo, clique aqui para acessar os modelos de planilha que eu disponibilizei no Google Drive. Se preferir, pode baixar a versão .xlsx clicando aqui. Essa planilha possui várias abas, que eu vou detalhar a seguir: Continuar lendo

Cabe na mala: um jeito fácil de lucrar com a sua próxima viagem

O planejamento para a visita aos States segue, e em meio ao desespero do dólar subindo e da grana curta, acabei descobrindo um site ma-ra-vi-lho-so: o Cabe na Mala. Uma amiga da minha época de ensino médio trabalha nele e eu nem fazia ideia, foi amigo nosso em comum me indicou. Continuar lendo

Dando a volta por cima… de avião!

“Preciso viajar” – esse é o primeiro passo para comprar uma passagem de avião. Mas será que é assim tão fácil?

2012 e 2013 foram anos de muitas decepções pra mim. Depois da minha viagem para o Japão em 2011 (com uma curta passadinha por Londres), obviamente começou aquela característica abstinência de botar o pé na estrada. Eu cheguei a viajar para outras cidades brasileiras, como Brasília, Salvador e São Paulo, mas não é a mesma coisa. Sabe quando você se sente meio que refém da sua rotina?  Cheguei a tentar o Ciências sem Fronteiras, mas o meu curso foi barrado injustamente (por problemas de nomenclatura). Tentei 3 vezes e não rolou. Me frustrei, me revoltei, fiquei deprimida. Eu sabia que precisava sair do Brasil de novo, mas pra onde? Como? Quando? Com que dinheiro? Acabei me perdendo em meio a trabalho, mudança de casa, faculdade… Continuar lendo

Relatos do Japão – Por Ricardo Martins (Parte 4)

(Parte 1Parte 2Parte 3)

Pulando alguns reports, achei interessante postar esse primeiro que fala do jogo do Japão x Costa do Marfim ontem, que o Ricardo assistiu em um bar presenciando em primeira mão a reação dos japonese. Enjoy!

=====================

“Deve ser o último report que eu vou fazer do Japão.
A viagem foi muito legal e a gente vai sentir muita falta de muitas coisas, como os preços pra comprar comida e a facilidade de encontrar tudo pra comprar quando você precisa, lojas de 100 ienes, jidouhanbaikis e konbinis. Continuar lendo