Dando a volta por cima… de avião!

“Preciso viajar” – esse é o primeiro passo para comprar uma passagem de avião. Mas será que é assim tão fácil?

2012 e 2013 foram anos de muitas decepções pra mim. Depois da minha viagem para o Japão em 2011 (com uma curta passadinha por Londres), obviamente começou aquela característica abstinência de botar o pé na estrada. Eu cheguei a viajar para outras cidades brasileiras, como Brasília, Salvador e São Paulo, mas não é a mesma coisa. Sabe quando você se sente meio que refém da sua rotina?  Cheguei a tentar o Ciências sem Fronteiras, mas o meu curso foi barrado injustamente (por problemas de nomenclatura). Tentei 3 vezes e não rolou. Me frustrei, me revoltei, fiquei deprimida. Eu sabia que precisava sair do Brasil de novo, mas pra onde? Como? Quando? Com que dinheiro? Acabei me perdendo em meio a trabalho, mudança de casa, faculdade…

Acho que todo mundo tem esses momentos. Essa tentativa desesperada de achar uma brecha na sobrevivência para, de fato, viver um pouco. Bem, eu não sou rica. Sou estudante e estagiária, e meus pais não pagam as minhas despesas. Pra quem acompanha meu blog sabe todo meu esforço pra conseguir passar apenas 5 dias no Japão. Mas acho que você definitivamente não precisa ser rico pra viajar. Eu sempre dei muito mais valor a uma passagem de avião do que ao mais novo IPhone ou a última coleção da C&A, mas você tem que se mexer e sair da inércia para as coisas acontecerem.

O primeiro passo, é decidir. Você quer viajar? Para onde?

O segundo, é viabilizar. Quanto vou precisar? Onde vou ter que economizar?

Em ambos os passos, você precisa chegar a possíveis soluções, opções. O google é o seu melhor amigo! Pesquisando sempre se acha promoções e facilidades. E foi o que eu fiz! O estopim para sair da minha inércia foi o Brad, um amigo americano que eu hospedei no Carnaval e que botou muita pilha para eu ir pra lá. E olha que visitar os Estados Unidos estava muito longe dos meus planos! Quando dei por mim, já estava tirando o Visto Americano e comprando a passagem.

O plano inicial, na verdade, era usar minha milhas da viagem ao Japão (que eu transferi da British Airways pra Iberia) para fazer uma Euro Trip. Mas com a Copa do Mundo os preços das passagens estavam absurdos, e eu tive que desistir da ideia. Depois de comprar a passagem pros States, estava pensando em vender as milhas para alguém. Até que uma amiga me mandou um link de uma promoção da Iberia para compras com milhas! O timing foi perfeito, pois exatamente naquela semana eu estava pensando em de fato usar essas milhas. Como as minhas férias do trabalho já estavam agendadas para dezembro, pra ir pros EUA, comprei para o Carnaval de 2015 a passagem ida e volta para Madri, por R$ 700 + 20 mil milhas!

Eu lembro que no dia não estava nem acreditando no que tinha feito. Em alguns meses eu passei de “deprimida-porque-não-consegui-intercâmbio-e-preciso-viajar” para “pqp-estou-com-passagem-comprada-pros-estados-unidos-e-pra-madri”.

Quase tão incrível quanto as viagens em si é a expectativa e o planejamento. Pros Estados Unidos, já fiz vários itinerários e planilhas com preços de hotéis, albergues, ingressos… Acho até que deveria fazer depois um post mostrando essas planilhas e compartilhando o link de uma cópia, porque ajuda bastante!

Pra Madri, eu já recebi várias dicas de amigos para gastar pouco, e também quero fazer um post apenas sobre isso. Além de Madri, pretendo visitar Barcelona e Zaragoza. Então podem esperar por muitos reports nos próximos meses, antes e depois dessas viagens. 🙂

Pode não ser tão fácil assim, para nós pessoas do mundo real, fazer pequenos sacrifícios no dia a dia ou a longo prazo para tomar a decisão de fazer uma viagem, mas pelo menos pra mim, que já provei da recompensa, vale cada centavo e cada esforço. Nosso tempo nesse mundo é uma contagem regressiva, afinal. A gente tem que aproveitar enquanto pode viver, curtir, sorrir, fazer loucuras, comprar uma passagem de avião aleatoriamente! Tá esperando o que pra comprar uma também?

Anúncios

3 comentários em “Dando a volta por cima… de avião!

  1. Oi Lizie, tudo bem?

    Acabei de descobrir o seu blog e lendo esse post, super me identifico com você. Não sou rico, viajo pq me programo (já fiz um post falando isso hehehe), mas eu sofro constantemente dessa necessidade de colocar o pé na gringa. Destinos nacionais é quase um prêmio de consolação, um pecado eu dizer isso já que o Brasil tem lugares incríveis, mas eu sou mais feliz quando estou lá fora. hehehehe Não dá para explicar.

    Fato é que: viajar é a minha prioridade e eu trabalho pra isso. =)

    Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s