Relatos do Japão – Por Ricardo Martins (Parte 3)

(Parte 1Parte 2)

Mais dois reports dos relatos de Ricardo Mochileiro no Japão. Nesta parte, mais um pouco de Tokyo e Nagoya. Enjoy!

01/06/2014

“Report mais pra falar que eu to vivo. (?)

Esses dias a gente foi em Shibuya e ficamos malucos com as muitas lojas de roupas e grifes do mundo inteiro. Tinha uma Tower Records fodona e ela tem cheiro de Saraiva. É como se você entrasse numa Saraiva, mas com muito CD japonês, óbvio. O MUCC estava em destaque na loja, assim como o (caríssimo) Never Sold Out 2 do LUNA SEA e mais uns artistas pops de sempre daqui. Bem legal entrar numa loja e ver essas coisas. Só tinha o Bluray novo do coldrain e eu não quis comprar por não ter como ler. Tava procurando o de 10 anos de SiM, quero muito ir em outro show deles! Muito bom porque marcou tanto a gente que eu to com a boca machucada ainda das porradas de lá. xD

akihabara station

Fomos ontem em Akihabara e vimos as nerdices e vimos os otakus daqui comprando coisas de AKB48. Nesse dia, a gente voltou a ser virgem. O Felipe ficou babando nos GUNDAM, enquanto eu fiquei babando nos bonecos de ONE PIECE. Tem muita coisa e acho que os bonecos do Law são mais caros, mas eu quero comprar um pra mim.

shika e irie

A gente jogou na Taito Game Station. Aliás, joguei JUBEAT que tem um sistema muito foda de jogar online contra qualquer outro japonês em real time, assim como a gente jogou o jogo do Dragon Ball Z. Uma pena não ter essas coisas no Brasil. Ah, joguei DDR também. Tá bem diferente e tem uma porrada de música daqui. Como eu gosto de coisas esquisitas, joguei Memeshikute do Golden Bomber, Polyrhythm do Perfume e Tsukematsuge. Sim, tem elas no DDR e tem também no JUBEAT essas coisas. JUBEAT tem até HaKU. Joguei AHEAD OF LIGHT do MIYAVI. Fico bolado porque só agora que tem bastante dessas músicas.

Depois de um tempo, você fica de saco cheio de Akihabara. Toca TANTO música de idol, AKB48 que você fica cansado. Lá tem o GUNDAM CAFE do lado do cafe do AKB, assim como tem o teatro que você vê as pessoas trocando as coisas e votando nas meninas.

gundam cafe

akb48 cafe

Hoje a gente foi em Kyoto e visitamos o Kyozumidera. Abaixo algumas fotos de lá e do Fushimi Inari.

FUSHIMI INARI

cenario de fatal frame

fatal frame 2 kiyomizudera love stone gueisha

03/06/2014

“Report deesu.

Então, hoje a gente foi pra Nagoya. O dia hoje rendeu vários vídeos legais porque a trilha sonora foi Nagoya Kei. Há anos que a gente gosta de visual kei e principalmente dessas bandas de Nagoya que eram mais depressivas, então foi muito foda. A gente ficava imaginando que os nossos ídolos passaram por aquelas estações. Meio idiota, eu sei.

De qualquer forma, fomos no Centro Pokémon porque sim. É muito foda porque fica tocando em loop a música do Pokémon Center do jogo. Como está na versão XY, agora tem a versão mais atualizada. Muito legal. As atendentes eram todas meninas fofinhas com voz de anime e com uma blusa legal que eu queria muito. (?)

pokemon

Em Nagoya, a gente descobriu que as LAWSON são melhores konbini (lojas de conveniência) do que as SEVEN ELEVEN. Poxa, tem muito mais variedade na LAWSON e vale muito mais a pena. A japa da SEVEN num quis esquentar a comida pra gente porque não tinha onde comer. Aí a gente andou, andou e achamos o consulado brasileiro e tomamos no restaurante brasileiro suco com pastel. Vai ter Brazillian Day nesse fim de semana, mas né, LUNA SEA é mais legal.

A gente já foi duas vezes ao karaoê aqui e algumas muitas vezes em fliperama. Jubeat tá tirando os nossos ienes. Aliás, meus. Do Felipe é o jogo do GUNDAM. Eu to jogando DDR e Jubeat porque Konami tem um poder enorme de cativar com jogo de música. Aliás, os japoneses jogam muito e eu fiquei feliz que consegui fazer full combo no Jubeat. Me senti japonês porque cara… Uma coisa engraçada é que a gente sempre vê o “mesmo” menininho jogando Taiko no Tatsujin. Acho que ele é um espírito. Assustador.

Tem Rhythm Tengoku também nos fliperamas e esses dias tava rolando campeonato de Persona 4 com dois japas narrando e tal. Certamente teve streamming por aí na internet. Persona 4 e BlazBlue são dois jogos que estão muito populares nos fliperamas, assim como o Dragon Ball e o GUNDAM que tem a mesma engine.

Ainda falando de game, hoje a gente conseguiu um Gengar de evento do Pokémon Center. Tinha um cara que devia ter uns 40 e muitos anos trocando pokémons com os novinhos. Os nerds daqui são hardcore. Aliás, japonês leva tudo a sério, inclusive ser idiota, como o Roberto falaria.

Amanhã é dia de ir pra Hiroshima, visitar a cidade que sofreu a bomba atômica e conhecer um pouco da história do Japão. Report em breve!”

 

Por Ricardo Martins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s